Voltar

Sem Lactose

Dieta sem lactose emagrece?

Mais um mito a ser derrubado é o da alimentação sem lactose como tratamento para perda de peso.

Vez ou outra surgem tendências de comportamento ligadas à alimentação, mais especificamente, às dietas. Na tentativa de facilitar e agilizar o processo de emagrecimento, alguns alimentos acabam sendo apontados como "vilões'' e se cria a falsa impressão de que, ao deixar de consumi-los, os objetivos de emagrecimento serão alcançados mais rapidamente. Este é o caso do mito da dieta sem lactose como opção de protocolo para emagrecer.


O argumento defendido é que a lactose contribui para o ganho de peso, o que é uma informação falsa. Não há evidências científicas que comprovem que a retirada dela da alimentação promova perda de peso. O que se sabe ao certo é que não existe relação entre o leite e os seus derivados e o sobrepeso ou a obesidade. Inclusive, a falta de quantidades diárias adequadas de cálcio – mineral presente em abundância no leite aumenta os riscos de osteoporose entre outras doenças sérias ligadas aos ossos.


O consumo de leite, ao contrário, pode ajudar a emagrecer, claro que dentro de uma dieta equilibrada e especialmente o desnatado e o semidesnatado, que são menos calóricos. A diferença entre essas versões da bebida é o teor de gordura: o integral possui em torno de 3% de gordura, enquanto o desnatado leva até 0,5%. O semidesnatado está no meio: oferece entre 0,6% e 2,9% de gordura. Então, a simples substituição do leite integral pelo desnatado ou semi já reduz a ingestão de calorias e apoia o emagrecimento sem necessidade de abrir mão do grupo alimentar. 


E o zero lactose? Em uma comparação com a versão integral, por exemplo, o leite sem lactose acaba tendo a mesma quantidade de gordura e de açúcar, ou seja, não é mais "magro''.


Profissionais orientam que a preocupação em substituir os alimentos ricos em lactose ou proteína do leite (lactase) deve ser com o objetivo de tratar alergias e intolerâncias alimentares diagnosticadas, para amenizar os sintomas. A perda de peso é um processo, cujo resultado depende do balanço entre o que ingerimos e o que gastamos. O ideal é que seja feito com acompanhamento médico especializado, para que se possa atingir o objetivo de uma forma saudável, sem prejuízos à saúde - sem influência de modismos alimentares e sem cortes drásticos de grupos alimentares inteiros.