Voltar

Orgânicos

Saiba como conservar os alimentos orgânicos

Conheça algumas técnicas para fazer os orgânicos durarem mais

Quem busca uma alimentação mais saudável sabe da vantagem dos alimentos orgânicos, aqueles produzidos sem agrotóxicos sintéticos, sementes transgênicas ou fertilizantes químicos. Além de serem mais saudáveis, os orgânicos têm maior valor nutricional (o uso de adubos naturais resulta em alimentos mais ricos) e mais sabor (muitas vezes, os agrotóxicos ou produtos químicos usados alteram o sabor original do alimento). Como o processo de produção usa técnicas que mantém a qualidade do alimento ao mesmo tempo que respeita o meio ambiente, eles praticamente não causam danos à saúde e impacto ambiental.  

Exatamente por causa dessas vantagens todas, os alimentos orgânicos podem durar menos tempo depois de colhidos. A tendência é que amadureçam ou passem do ponto mais rapidamente, portanto, é preciso ter mais atenção e adotar algumas práticas simples na hora da compra, organização e armazenamento desses alimentos. Assim, você evita o desperdício - de comida e de dinheiro. 


Dicas para armazenamento e conservação de alimentos orgânicos


Pense nas refeições da semana e planeje as compras

Esta dica ajuda a evitar o desperdício de qualquer alimento, mas no caso dos orgânicos é fundamental. Quando você planeja as compras e sabe o que vai consumir na semana, consegue comprar apenas o necessário e evita o desperdício. 


Armazene os alimentos lavados em água corrente

Chegou em casa com frutas, verduras e legumes orgânicos? Lave-os em água corrente para eliminar qualquer sujeira. Caso se sinta mais seguro, reforce a higienização misturando água com vinagre ou com água sanitária. Lembre que as verduras são folhosas e, por isso, essas folhas devem ser lavadas individualmente, o que garante uma limpeza mais eficiente. E não esqueça de secar bem os alimentos antes de guardá-los, para que durem mais tempo.


Use sacos plásticos para armazenar na geladeira

Quando você guarda os orgânicos na geladeira dentro de sacos plásticos, você os protege do ressecamento e eles ficam viçosos e bonitos por mais tempo. Pequenos furos nos saquinhos ajudam o alimento a respirar. Opte por armazená-los na parte baixa do refrigerador, onde eles conservam mais a umidade e o frescor. 


Separe os orgânicos dos convencionais

Quando você armazena os orgânicos separados dos alimentos convencionais, você reduz a possibilidade de contaminação por resíduos de agrotóxicos. Tenha o mesmo cuidado na hora da compra: evite o contato no carrinho e, depois, separe-os em sacolas diferentes.


Use técnicas caseiras de conservação

Pessoas mais velhas normalmente têm boas dicas de técnicas para ajudar a conservar os alimentos de forma natural. O sal, por exemplo, provoca atividade antimicrobiana, pois limita a quantidade de água no alimento. Já o limão, que é antioxidante e rico em vitamina C, evita o apodrecimento do alimento e, por ter ácido cítrico, evita a proliferação de fungos e bactérias.


Além dessas dicas básicas de cuidado, limpeza, manuseio e armazenamento, lembre-se de buscar, na hora da compra, o selo da certificadora na embalagem. É ele que garante a você que o alimento é realmente orgânico.