Voltar

Consumo consciente

Um novo conceito de gastronomia

A gastronomia sustentável é uma forma de olhar para a cadeia alimentar com o intuito de gerar o mínimo de desperdícios e danos ao planeta. O conceito vêm se popularizando ao redor do mundo.

Repensar nossos hábitos diários faz parte de um comportamento baseado na sustentabilidade. O termo “gastronomia sustentável” ganhou espaço na mesa de muitas famílias. Dos produtores, passando pelos fornecedores até os chefs de cozinha e o modo com que preparam as refeições, o conceito apregoa que seja aproveitado ao máximo os alimentos e sempre sem agredir o meio ambiente. 


O processo de cozinhar ligado à gastronomia sustentável foca na origem dos ingredientes, em como os alimentos são cultivados, os meios pelos quais chegam ao mercado consumidor e aos pratos criados com eles. Por trás de tudo isso existe a preocupação de diminuir ao máximo os danos ao meio ambiente, contribuindo, especialmente, com o desenvolvimento regional pois uma das medidas mais simples de incentivar a gastronomia sustentável é consumindo de agronegócios locais. Confira a seguir algumas dicas para trazer ainda mais sustentabilidade para a sua cozinha:


  • Apoie a produção de orgânicos – o consumo de orgânicos reduz os danos causados por insumos químicos (pesticidas e fertilizantes), que são responsáveis pelos prejuízos ao solo e aos recursos naturais que, ainda, podem prejudicar a saúde humana e animal. Sempre que possível, leve para casa mais orgânicos e fortaleça esta cadeia econômica.


  • Opte por ingredientes regionais – comprar alimentos produzidos na sua cidade, região ou estado diminui as emissões de gases de efeito estufa, derivadas do transporte terrestre por caminhões. A medida também beneficia o bolso dos produtores locais, gerando renda e melhorando a qualidade de vida de todos. Nesse contexto, também é importante priorizar frutas, verduras, legumes e folhosos da estação.


  • Evite desperdícios de alimentos – antes de ir às compras tenha em mente sempre utilizar tudo o que estiver na sua geladeira. Esta é uma forma eficaz de combater o desperdício e praticar a gastronomia sustentável. Ser criativo na cozinha também faz parte de um comportamento sustentável. Talos, cascas e sementes podem ser aproveitados em receitas e, além de serem nutritivos, possibilitam a criação de pratos diferentes e saborosos.


  • Atenção ao desperdício de água, luz e outros recursos – o ideal é ter uma cozinha integralmente sustentável. Isso se refere ao uso lâmpadas econômicas, aproveite a luz natural, dê um destino adequado ao óleo utilizado em frituras, separe os resíduos secos para a coleta seletiva do lixo, escolha eletrodomésticos que consumam a menor quantia possível de energia elétrica e use apenas a quantidade de água necessária. 


São pequenos gestos que, se somados aos de outras tantas pessoas, fazem a diferença para o meio ambiente e contribuem não apenas para a gastronomia, mas, também, para um mundo mais sustentável.