Guia prático para precificação do seu produto

Guia prático para precificação do seu produto

há 4 meses

    Fazer a precificação correta dos produtos é fundamental para garantir a saúde financeira de sua empresa e nós vamos te ajudar te dando um guia com o passo a passo para você aplicar no seu próprio negócio.


    Calcular o preço de venda do seu negócio, além de ser o ponto-chave para qualquer negócio, é a ligação reta ao lucro e prejuízo da empresa. Na hora de formar o preço de venda do seu produto, você precisa calcular o custo + despesas + margem de lucro = preço de venda. 


PASSO 1

O primeiro passo é entender o que cada item do nosso cálculo engloba.


CUSTO: refere-se ao custo que aquele produto tem a empresa, não somente o bruto direto mas também os indiretos como água e luz, além da hora do profissional para produzir.


DESPESAS: somam-se todas as despesas fixas e variáveis necessárias para manter a empresa, entrando também neste item comissões de vendedores, pagamento de internet ou de setores não envolvidos diretamente com as vendas, como uma agência de marketing digital, por exemplo.


MARGEM DE LUCRO: depois de somar todos os custos do produto e as despesas, você pode definir a margem de lucro que você quer ganhar sobre a venda de cada produto.


PASSO 2

Agora que você já sabe qual o cálculo é feito para iniciar a precificação, vamos te mostrar alguns detalhes importantes que você precisa ter quanto aos preços e valores.


PONTO DE EQUILÍBRIO: ponto de equilíbrio trata-se do valor de vendas para cobrir custos e despesas, não se levando em conta o lucro e nem prejuízo. É o necessário para pagar cobrir as contas da empresa.


ANÁLISE DE CONCORRÊNCIA: é de extrema importância analisar a concorrência antes de estabelecer o preço que será cobrado pelo seu produto, para poder competir no mercado. Lembre-se que a qualidade, o alcance da marca e o tempo de mercado também influenciam na hora de precificar.


REGIME TRIBUTÁRIO: a alíquota de impostos sobre o produto irá variar conforme o regime tributário de cada empresa, e tem bastante influência na formulação do preço do produto. É importante ficar atento, pois cada regime tributário terá um cálculo diferente, verifique estas informações com o seu contador.


    Calcular o preço de venda do seu negócio pode ser um processo mais cansativo, mas muito necessário para fazer o seu negócio crescer.

   

     O guia prático de como gerir seus custos te ajudou? 

    Então envie para seus sócios, colegas de trabalho e empreendedores que você conhece para lerem esse artigo também e aprenderem a gerir os custos com mais facilidade.


Mais conteúdos